29Novembro, 2022
Dia de Doar

O início da conversa por trás da foto.

- Dani (nossa diretora), você pode ir na sala dos aprendizes?
- Claro!

Ao entrar na Sala dos Aprendizes:

- Dani, nós os aprendizes de sexta gostaríamos de doar para o Projeto Uirapuru o valor arrecadado na Feira de Negócios como maneira de retribuir, um pouco, o que o Uirapuru fez por nós.

Houve apenas um sorriso encantado da Dani e os olhos marejados de quem captou a foto, mas não o momento.

No mundo da educação é comum dizer que "educar é semear com carinho para o futuro, mas sem a certeza de ver o florescer" , afinal os educandos vão e os educadores ficam.

No Uirapuru essa frase não faz parte do nosso vocabulário pedagógico.

Conseguimos ver a cada dia "pequenos floresceres" em cada uma das aulas, seja em um:

"Solia! Agora eu entendi matemática."
"Andréa, apesar da minha timidez, vou na frente apresentar."
"Rô, com esses debates aprendi a ouvir com respeito opiniões contrárias à minha"
"Pedro, me destaquei no trabalho por causa das planilhas e sou a única que sabe fazer etiquetas no Word."
"Diogo, obrigado por perguntar sobre a minha semana. Isso mudou minha manhã"
“Cláudia, obrigada pela dica daquele site. Me ajudou muito.”

A escolha do nome Programa Melhor Aprendiz, para o nosso programa de aprendizagem, foi apenas uma maneira de dizer o óbvio sobre os jovens com os quais compartilhamos histórias.

Eles são os melhores!

Como diz a lenda do pássaro que nomeia ao nosso projeto:
"Quando o Uirapuru canta, a floresta inteira se cala num silêncio ensurdecedor, encantada com o lindo cantar do raro pássaro."

E por aqui, nossos jovens, nossos Uirapurus, costumam sempre encantar. Inclusive quem está acostumado com Uirapurus.

Empresas Conveniadas
Parcerias